As dez moedas que mais se valorizaram em 2017!

As dez moedas que mais se valorizaram em 2017!

Esse foi o melhor ano para o mercado de criptomoedas. Algumas moedas subiram, outras caíram, outras morreram e outras se valorizam tanto que o céu, não é mais o limite. Para começa 2018 com pé direito, o nosso site fez uma pequena varredura e fizemos essa pequena lista com o top 10 – com as moedas que mais de valorização ao longo de 2017. (segundo nossa análise)

Vale lembrar que, a lista não está em ordem cronológica, pois o que importa é o quanto a moeda se valorizou ao longo do ano. Também levamos em conta o marketcap (quantidade de dinheiro) que essa altcoin alcançou para está nesta lista.

Riplo (XRP) –. Ao longo do ano, a moeda cresceu muito devido a notícias de que grandes bancos irão usar sua blockchain para transferência de dinheiro globais, acabando com a burocracia e reduzindo os custos para realizar essas transações internacionais.

O resultado disso, a moeda que começou 2017 valendo 0.006 – ou seja, menos de um centavo de dólar – fechou o ano valendo US$ 1,98. Uma valorização de mais de 40 mil por cento. A moeda se valorizou muito no mês de dezembro, sendo cotada a US$ 0,25 no dia (11) e alcançou o valor de US$ 2,09 no dia (27) de dezembro.

A Ripple teve seu valor de mercado superior US$ 100 bilhões, deixando a Ethereum (EHT) para trás e ocupando a segunda posição no ranking das criptomoedas com maior valor de mercado, atrás apenas do Bitcoin.

 

Ethereum (ETH) – Essa cripto é a queridinha de muitos entusiastas, principalmente, caso o Bitcoin entre em colapso ou caso a China proíba a mineração da moeda digital. Como a China detém 80% da mineração de bitcoins, uma proibição iria abalar o preço o BTC e a Ethereum, seria a moeda substituta favorita.

Quem apostou no crescimento do Ethereum ao longo do ano se deu bem. O ETH começou 2017 valendo US$ 7,97 e fechou o ano valendo US$ 740,28. Uma valorização surreal!

 

 

Lisk (LSK) – Lisk é uma plataforma de aplicativos Blockchain, criada no início de 2016. Com base em sua própria rede Blockbrid e token LSK, a Lisk permitirá que os desenvolvedores criem, distribuam e gerenciem aplicativos descontrolados Blockchain implantando sua própria cadeia lateral ligada à rede Lisk, incluindo um token personalizado. Para saber mais sobre os projetos que estão por vim da criptomoeda Lisk (LSK), acesse o site: www.lisk.io

Que apostou na criptomoeda a médio e longo prazo se deu bem. Como dizemos anteriormente, a moeda foi criado em 2016, ou seja, ainda é muito nova, porém, a moeda aos pouco está conquistando o seu lugar nesse mercado concorrido.

A Lisk começou o ano valendo US$ 0,14 e fechou o ano valendo US$ 20,39. Um crescimento espetacular.

 

Bitcoin (BTC) – A moeda digital criada pelo pseudônimo satoshi nakamoto, teve uma valorização surreal. A criptomoeda começou 2017 valendo US$ 899,00 e, apesar da pequena queda, a moeda fechou 2017 valendo US$ 13.934. Isso sem contar o recorte histórico que a moeda obteve ao alcançar o valor de US$ 19.478 – quando a moeda estreou as vendas de contratos futuro nas bolsas BATS Global Markets e CME Group.

Apesar dos altos e baixos, quem apostou e ficou no buy hold, se deu muito bem. A moeda teve uma valorização de 1.800%, chamando a atenção do mercado e da mídia mundial. A quem afirme que em 2018 a moeda continuará crescendo e batendo nossos recordes. Será?

 

Feathercoin (FTC) – A moeda começou o ano valendo 0.005 – isso mesmo, menos de um centavo de dólar. Ao longo do ano, a moeda teve alguns PUMPs (valorização repentina), chegando a valer entre 0,08  e 0,15 cents.

Apesar de alguns Pumps, a Feathercoin continuou em nanissão, até que em outubro, os desenvolvedores publicaram no twitter que estavam procurando programadores para IOS. Ou seja, vêm grandes novidades para a FTC. Se no começo do ano essa criptomoeda não valia nem um centavo de dólar, essa cripto fechou 2017 valendo US$ 0,38 cents, isso sem contar que ela chegou a bater US$ 0,43. Fique de olho nessa moeda!

 

Verge (XVG) – A moeda começou 2017 valendo 0.00000008 satoshis. Isso mesmo, 8 satoshi. Compramos 3 mil unidades dessa altcoin e esquecemos lá na bolsa. Até que começamos a notar que ela subia, subia e continuou subindo.

A proposta da Verge é ter transações rápidas, seguras e anônimas. A Verge (XVG) começou ano valendo 8 satoshi e fechou 2017 valendo US$ 0,22 centavos de dólar. Para saber mais sobre o projeto da moeda, acesse o site oficial: vergecurrency.com

 

Iota (IOT) – Essa moeda surpreendeu até os mais céticos! A Iota começou 2017 valendo US$ 0,53 cents e fechou o ano valendo US$ 3,54 – sendo que, após a notícia que a moeda iria fazer parceria com a Microsoft, essa cripto teve uma forte valorização, chegando a US$ 5,03.

A moeda tem uma proposta bastante interessante e inovadora. A cripto já está preparada para a computação quântica. Só para você ter uma Idea o que significa essa tal de computação quântica, a última fração do bitcoin está prevista para ser minerada em 2.147.

Com a computação quântica, TODOS os bitcoins seriam minerados em questões de horas! Isso mesmo que você leu, horas. Não são dias, semanas ou meses, são horas! Há quem diga que a Iota (IOT) será a moeda da vez. Será? Bom, só o tempo dirá.

Com tudo, grandes empresas como a Intel, Google e a D-Wave, já estão desenvolvendo computadores quânticos e esses supercomputadores podem chegar ao mercado muito mais cedo do que muita gente imagina e quando isso acontecer, a IOTA não só se fortalecerá como tomará o lugar, não só do Bitcoin (BTC), mas de quaisquer criptomoedas que não estejam preparadas para a computação quântica.

 

Vertcoin (VTC) – A moeda começou o ano valendo US$ 0,03 e fechou 2017 valendo US$ 6.66. O que motivou esse crescimento todo dessa altcoin? Não fazemos ideia! Se você souber, por favor, deixe nos comentários para atualizarmos o post.

 

 

 

 

Zcash (ZEC) – Apesar da moeda ter fechado o ano com uma queda de 12,5%, a ZEC teve uma forte valorização e fechou o ano valendo US$ 477,87. Isso foi ótimo para a cripto, já que a mesma começou o ano valendo US$ 46,80. A criptomoeda teve um ótimo crescimento, visto que, no dia 28 de outubro de 2016, dia do seu lançamento, cada unidade do Zcash era vendia a 2.834 Bitcoins (BTC) – a maior especulação da história do mercado.

Zcash é o primeiro sistema financeiro aberto e sem permissão que opera sob criptomoeda zero-knowledge. Ele usa uma prova especial zk-SNARK que permite que a rede suporte um livro de contas seguro de saldos totalmente anônimo. De acordo com os desenvolvedores, essa abordagem permite que todas as partes envolvidas enviem transações completamente anônimas. Para saber mais sobre a Zcash, acesse o site: https://z.cash/

 

Litecoin (LTC) – Esse foi um ótimo ano para quem apostou no LTC. A moeda começou 2017 valendo US$ 4,32 – e apesar da queda de 11,67%, a moeda fechou o ano valendo US$ 229,17 –uma valorização superior a 2.500% ao logo de todo ano. Isso sem contar que, no seu auge, a moeda chegou a valer US$ 322,12.

Apesar dessa queda monstruosa, a moeda tem muito potencial para crescer, é só saber esperar e ler a nossa análise: Por que você deve investir no Litecoin?

Chegamos ao fim! Esperamos que tenham gostado desse top 10. É claro que muitos vão concordar com essa lista, outros vão discordar. Alguns vão amar e outros vão odiar. O fato é, não há como elaborar uma lista dessa que possa agradar a todos.

Segundo o coimarketcap, existe mais de 1.300 moedas ativas nesse exato momento, e algumas delas tiveram um excelente crescimento, pelos mais variados motivos, como por exemplo: Neo (NEO), Cardano (ADA), Komodo (KMD), Monero (XMR) e tantas outras.

O fato é – você, investidor/trader deve ficar de olhos bem abertos para esse mercado promissor, pois sempre terá uma moeda que irá se destacar das demais e se você não souber trabalhar com uma infinidade de altcoins, você perderá a chance de se dar bem nesse mercado.

Feliz 2018 e bons investimentos!

3 comentários em “As dez moedas que mais se valorizaram em 2017!

  • 02/01/2018 em 12:56
    Permalink

    Lista totalmente equivocada. Existem varias moedas que valorizaram muito mais que IOTA e varias outras que estao aí. Onde está a decred que saiu de 40 centavos pra 110 dolares?

    Resposta
    • 02/01/2018 em 18:42
      Permalink

      Obrigado pelo seu comentário! Colega, não esquecemos da Decred (DCR). Estávamos na dúvida entre a Litecoin (LTC) e a Decred. Como a LTC se valorizou bem mais que a Decred, decidimos colocar a LTC na lista. Em um ano, o Lite saio dos US$ 4,32 e fechou o ano valendo US$ 229,17. Enquanto a Decred sai os US$ 0,90 cents e fecho o ano a US$ 104,00. Então, a escolha não foi difícil.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *