Fujam da MMM Brasil, é outra fraude!

MMM Brasil – fuja que é golpe!

A pirâmide financeira MMM originou-se na Rússia no final da década de 80 com um produto do fraudador em série Sergey Macrodi. As autoridades Russas fecharam o esquema e prendeu Sergay em 2003, mas em 2011, ressurgiu e agora chegou ao Brasil.

Essa PRAGA, chamada de MMM, esta em mais de 200 países e chegou ao Brasil com o sub-título MMM Brasil e certamente, irá fazer novas vítimas, assim como fez mundo a fora. Essa MMM Brasil é igual ou pior que a Minerworld ou a Airbit Club. Não é a toa que está na blacklist dos sites sobre sistema de pirâmides financeiras.

Vale lembrar que as pessoas não PODEM CONFUNDIR o termo MMN (Marketing multinível) legal, com a venda de produtos legalizados e autênticos com o MMN que envolvem ganhos com bitcoins. Já publicamos um post sobre esse assunto. Leiam: Não confunda marketing Multinível (MMN) com sistema de pirâmide financeira!

Como dissemos antes e voltamos a repetir: o bitcoin é uma moeda fantástica. Não é só a moeda que é muito valiosa, mas a tecnologia que há por trás dessa cripto – que há o torna fantástica – tornando a moeda digital um novo símbolo na economia mundial.

Porém, golpistas estão se aproveitando da alta valorização da moeda e aplicam golpes. No final das contas, muitas vítimas vão achar que a moeda digital foi feita apenas para aplicar golpes nas mais variadas praças.

Recomendamos que leiam esses quatro posts e fique por dentro desses golpes:

1Fujam da MKTcoin, é fraude!

2 – Cuidados com os golpes de pirâmide financeira que envolve Bitcoins. Não caia nessa!

3 – Cuidado com os sites que dizem ser de mineração em nuvem! É golpe!

4 – Cuidado com algumas palestras sobre Bitcoins, algumas dela podem ser golpe!

Fuja dessas moedas falsas: 

Kriptacoin = WS Corporate – já caiu
Proscoin = Prosperity Clube
Atmcoin = Telexbit
Mktcoin = Paydiamond
Netscoin = I7 Group
Adscoin = Adsply
VibbeCoin = Bbom
Xcoin = Newhopex
Onecoin = OneLife – esta sob-investigação
W3Coins – W3Coins – pirâmide financeira disfarçada de criptomoedas, assim como todas dessa lista.

Resumido o assunto: Fujam, dessas criptomoedas falsas. Já avisamos antes e vamos avisar novamente: quanto maior for o valor do Bitcoin, maiores e mais elaborados serão os golpes explorando a moeda virtual.

No dia 30 de Maio, a Câmara dos Deputados criou uma comissão especial para debater e regulamentar o Bitcoin no Brasil. Só esperamos que esses golpes que envolveram o bitcoin (como ocorreu a pouco tempo com a Kriptacoin e a D9), não sejam motivos para que os deputados usem para não legalizar a moeda digital no país.

Fiquem espertos!