Por que muitos acham que o Bitcoin Cash vai substituir o Bitcoin Core???

Por que muitos acham que o Bitcoin Cash vai substituir o Bitcoin Core? Acho que!

Em 1ª de agosto, o Bitcoin Cash (BCH) foi criado após um fork do Bitcoin (BTC). A ideia inicial era dividir a rede Bitcoin Core (BTC) em duas e assim tornar as transações de bitcoins mais rápidas. A principio, funcionou, mas voltou tudo o que era antes. Ou seja, as transações de bitcoins estavam (estão) demorando horas. Há relatos de alguns usuários afirmando que chegaram a ficar até três dias para que a Rede Bitcoin Core confirmassem suas transações. Surreal!

Porque as transações do Bitcoin estão demorando tanto e como poderia resolver esse problema?!!!   

O que o Bitcoin Core tem haver com pedágio? Tudo!

O real problema do Bitcoin (BTC) nesse exato momento, é que há muitas transações para serem confirmadas e o tamanho dos blocos onde essas transações ficam (à blockchain) tem apenas 1MB de tamanho. Ou seja, muitas transações para pouco espaço.

Veja essa foto: Viu! Prestou bastante atenção? Pois bem, essa foto é do dia 31 de dezembro. O que tem nesse dia tão especial que faz com que milhares de motoristas fiquem horas esperando para pagar o pedágio?

Resposta: o réveillon é claro! Todos que estão nessa fila INTERMINÁVEL querem passar a virada do ano na praia. Porém, para que isso aconteça esses motoristas terão que pagar pedágio. Simples assim!  Agora, se você olhar “bem” a foto novamente, você verá um carro e um ônibus, bem lá no cantinho com um circulo vermelho. Isso significa que se você tiver convênio com aquele pedágio você poderá pegar aquela estrada exclusiva, enquanto isso os demais motoristas deveram aguardar sua vez na fila até chegar sua vez de pagar e seguir viagem.

O que o Bitcoin Core tem haver com pedágio? Tudo!

Assim como ocorreu com aquele motorista que tem convênio com aquele pedágio e pegou aquela pista exclusiva, com o Bitcoin Core (BTC) está acontecendo à mesma coisa. Porém, com um agravante desleal. (mas pra frente explicamos)

Para que você possa enviar bitcoins (ou frações da moeda) para outra pessoa (ou carteira), você deverá pagar uma pequena taxa para os mineradores poderem processar, validar e guardar sua transação na blockchain. Todo esse processo deverá levar no máximo dez minutos. Caso sua transação não entre naquele bloco, você (no caso, sua transação) deverá esperar o próximo bloco. É aí que está o grande problema!

Como tem dezenas de milhares de transações para serem guardadas naquele bloco de apenas 1MB, outras dezenas de milhares de transações deveram esperar o próximo bloco que será criado nos próximos 10 minutos. Com tantas transações para serem processas e guardadas na blockchain, acaba se formando um fila GIGANTESCA. Ou seja, a mesma coisa que acontece no pedágio na véspera do réveillon está acontecendo com a Rede Bitcoin Core. Muitas transações para serem processadas e guardadas e pouco espaço.

Mineradores estão dando prioridade para aqueles que pagaram taxas maiores para ter suas transações aprovadas primeiro, causando uma fila gigantesca na rede!

Onde fica a deslealdade?

Ao contrário do pedágio, a qual o motorista pode fazer um convenio e seguir viagem pela passagem exclusiva, a Rede Bitcoin Core está usando uma manobra desleal. Ou seja, se você pagar uma taxa maior para que a SUA transação seja aprovada mais rápida, você, literalmente vai furar a fila! E é exatamente isso que está acontecendo com a rede bitcoin nesse exato momento.

Ou seja, os mineradores estão dando prioridade para aqueles que tiverem dispostos a pagarem taxas maiores para terem suas transações aprovadas mais rápidas, independentemente se há ou não uma fila gigantesca.

Os mineradores querem ganhar e vão ganhar, porque há pessoas com poderes aquisitivos maiores que estão dispostos a pagarem uma taxa maior do que esperar sua vez na fila.

Para acabar com esse problema, a solução mais OBVIA e simples do UNIVERSO é aumentar o tamanho dos blocos: dos atuais 1MB para 2MB. Há quem ache que aumentar apenas um megabytes é muito pouco. O ideal seria aumentar de 1MB para 4MB, porque, querendo ou não, a tendência é que o número de transações aumente ainda mais. Então, se é para aumentar o tamanho dos blocos, que seja para um tamanho ideal para dá mais agilidade, segurança e principalmente, rapidez nas transações. Caso contrário, a ideologia da criação do Bitcoin – que era ter transações rápidas e taxas quase nulas – ficará no passado.

Como você pode ver, é uma solução aparentemente simples, aumentar o tamanho dos blocos e acabar com os problemas de escalabilidade dentro da rede. Com tudo, os desenvolvedores do Bitcoin (BTC) preferem fatiar o Bitcoin Core (BTC atual) com vários forks, como ocorreu com Bitcoin Cash em 1ª de agosto e agora, em 25 de novembro com surgimento do Bitcoin Gold (BTG) – do que aumentar o tamanho dos blocos onde as transações da Rede Bitcoin Core (BTC) ficam armazenadas.

Bitcoin Cash vai substituir o Bitcoin (BTC) atual?

Resposta: NÃO, NÃO, NÃO e mil vezes NÃO elevado ao cubo!

O que acontece é o seguinte: no dia 10 de novembro, os desenvolvedores do Bitcoin Classic divulgaram um comunicado oficial que não iram dar continuidade ao projeto e vão apoiar o Bitcoin Cash (BCH).

O problema é que MILHARES de usuários estão confundindo o Bitcoin Classic com o Bitcoin atual, o Bitcoin Core (BTC). Ou seja, estão confundindo o cú, com as calças. Meu DEUS! Quando falta de atenção.

Preço do Bitcoin (BTC) hoje, no exato momento que este post foi publicado

O Bitcoin (BTC) atual levou 9 anos para chegar ao valor de hoje (média, 8 mil dólares, á um unidade). A moeda criada pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, é aceitos em milhares de estabelecimentos comerciais mundo a fora, está presente nos caixas eletrônicos, o Japão, criou uma regulamentação e passou a adotar a moeda como meio de pagamento legal, enfim, são muitos os atributos ao Bitcoin Core (BTC), o bitcoin atual.

Porém, um equivoco, uma má interpretação na declaração dos desenvolvedores do Bitcoin Classic, fez com que milhares de usuários acreditassem que Bitcoin legitimo será substituído pelo Bitcoin Cash (BCH), porque os desenvolvedores do Bitcoin Classic abandonou o projeto e vai apoiar o BCH. Acesse o site, guia do bitcoin e leia mais a respeito!

É claro que essa “má interpretação” fez com que a moeda sofresse um fortíssimo Pump e saísse dos US$ 345,00 e chegasse a bater (em algumas exchangers) a cada dos 2 mil dólares em pouquíssimo tempo. Agora a moeda recuou e o Bitcoin (BTC) legitimo recuperou o seu valor e até o fechamento dessa matéria estava sendo cotado a US$ 8.233,00 – à unidade.

A única maneira de uma moeda – seja o Bitcoin Cash (BCH), Ethereum (ETH) ou até mesmo o Zcash (ZEC) – substituir o Bitcoin (BTC) VERDADEIRO seria se a China proibisse a mineração da criptomoeda. Já abordamos essa hipótese, leia: (E se a China proibisse a mineração de Bitcoins?).

Como o país detém 80% da mineração do bitcoins, com essa proibição, o preço da moeda despencaria generalizadamente. Isso porque o grau de dificuldade de ser minerar a moeda iria cair quase na mesma proporção de porcentagem da mineração que é feita na China.

Sendo assim, iria ser BEM MAIS FÁCIL de minerar a criptomoeda, devido ao grau de dificuldade que seria bem menor. Aliais, é graças esse grau de dificuldade que torna o Bitcoin uma moeda valiosa, porque é difícil de ser minerada.

A única conclusão que chegamos é que há muitas especulações e muitos tubarões querendo abocanhar os bitcoins das sardinhas. Somente as sardinhas mais espertas é que vão compreender o que realmente está acontecendo com mercado e deixar suas moedas guardadas para vendê-las no momento certo e não porque fulano disse, que delcrano disso ou porque beltrano disso.

Tem muita gente com grana nesse mercado e você “sardinha” têm que ficar esperto e buscar as informações certas é não cair nas armadilhas desses especuladores. Fiquem atentos porque no final das contas, tudo se resume a como ganhar mais dinheiro.

Fiquem espertos e bons negócios!