Agora você sabeCripto News

Lula ganhou, mas não vai governar! Saiba o Por quê?

Vamos parar de tanto medo! Lula ganhou, mas não vai governar! Saiba Por quê? Oposição!
Vamos parar de tanto medo! Lula ganhou, mas não vai governar! Saiba Por quê? Oposição!

O que parecia ser impossível aconteceu. Lula foi eleito o novo presidente do Brasil e vai comandar o país pela terceira vez.

O que eu escuto nos ônibus, nas padarias, nas praças, em grupos de Whatsapp, Telegram, grupos nas igrejas sobre o medo da população porque o Lula ganhou as eleições, meu, é surreal.

Eu falo: Gente, pelo amor de Deus, não é porque o Lula ganhou que ele vai governar o país do jeito que ele acha ou pensa que vai. Parem de ficar sofrendo por antecipação!

Apesar de Lula ter ganhado as eleições para a presidência da república federativa de banana, também conhecida como Brasil, ele não vai governar como bem entende por um simples fato: À oposição!

Isso sem contar que Lula nem chegou ao poder (novamente) e já estão falando em um possível Impeachment. Será um exagero ou estratégia? Veja o vídeo:

Lula ganhou, mas não vai governar! Saiba o Por quê? Oposição!

Vamos por partes!

O PL de Bolsonaro elegeu 99 deputados, maior número que qualquer sigla desde 1998. Em seguida, vem a federação PT/PC do B/PV com 79 e o União Brasil com 59 deputados.

Em números absolutos, a esquerda (foto) está morrendo e a direita é grande maioria tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado Federal. 

Câmara e Senado: Resultados das eleições 2022 / Infográfico Estadão
Câmara e Senado: Resultado das eleições 2022 / Infográfico Estadão

Essa foto – de como será o governo Lula em 2023 – mostra o óbvio: Lula terá uma oposição fortíssima. Ou seja, ele não vai conseguir fazer o que ele bem entende só porque é o presidente do Brasil. Isso é coisa de ditador e, pelo que eu saiba, ainda vivemos em uma democracia, não é mesmo. Ou será que não?

Sendo assim, essa não é a hora de se conformar e achar que está derrotado. A direita pode ter perdido a batalha, mas pode facilmente ganhar a guerra.

De forma honesta e inteligente, será fácil aprovar um Impeachment contra o molusco comunista de nove dedos amante de países socialistas. 

Hoje o Congreso Nacional é de direita e, essa direita, tem que se manter contra Lula para continuar ganhando força e ter uma opocisão forte contra o ‘atual’ governo Lula. Caso isso não ocorra, já era, a esquerda pode ganhar fôlego e espaço, e isso tem se evitado a todo custo.

É claro que no meio do caminho haverá Deputados e Senadores que vão se vender para ganhar dinheiro: a tal das emendas parlamentares e outros “benefícios” para apoiar o governo Lula e seus respectivos partidos.

No entanto, como você viu nesta foto acima, o governo Lula terá que negociar muito para poder aprovar alguma coisa.

Exemplo:

Um projeto de lei ordinária é aprovado com maioria de votos (maioria simples), desde que esteja presente no Plenário a maioria absoluta dos deputados (257). 

Câmara dos deputados 2023 / maioria de direita absoluta
Câmara dos deputados 2023 / maioria de direita absoluta

Como exemplo na foto abaixo, apenas os partidos de direita na Cãmara são 275. Ou seja, 18 deputados a mais ( dos 257 necessários) para aprovar um projeto simples. Fora os 43 do Senado (foto mais acima) e, isso, sem contar o apoio do centrão. Isso significa que dificilmente um projeto de lei da esquerda vai passar no Congresso Nacional.

Isso sem mencionar que Bolsonaro vai ter um cargo na direção do PL, o que pode facilitar articulações para deixar a oposição ao governo Lula ainda mais forte.

Se a ampla maioria de direita se manter fiel ao Governo Bolsonaro e ao PL, certamente será mais fácil ter uma oposição forte, capaz de impedir que a esquerda tente crescer novamente no país e, consequentimente, pedi, num futuro não tão distante assim, o Impeachment do Lula.

A população precisa deixar claro para o Congresso que continua apoiando o governo Bolsonaro e não quer que o nosso país seja comandado por um socialista sociopata e seus amiguinhos comunistas. Para isso será necessária as manifestações ano que vem. Não agora! Manifestações agora é um tiro no pé, porque Lula ainda nem entrou no poder.

Como você vai protestar contra as cagadas de um “novo governo” que nem tomou posse? Não tem como, não faz sentido nenhum manifestações agora. É uma total perda de tempo. Deixe para fazer isso ano que vem!

Impeachment do Lula

Para que o Lula sofra um Impeachment é preciso ter um motivo forte! Um real motivo para abrir um processo de Impeachment está mais voltado para um lado político do que jurídico.

Calma que eu explico!

Muitos acham que o Lula tem o STF na mão. E, de fato, tem mesmo, só não vê quem não quer. 

Dificilmente o STF vai deixar o seu ‘protegido’ sofrer um Impeachment se não tiver um motivo político (ou até mesmo jurídico) muito forte e claro para abrir tal processo.

Se bem que: Não há nada na Constituição Brasileira que tenha que ter o aval, a autorização do STF para abrir, ou muito menos aprovar um Impeachment, seja qual for ou quem, de fato, vai sofrer esse processo.

No entanto, já houveram diversos casos por aí que o STF, literalmente, mandou mais que o presidente da república. Então, não devemos diminuir a guarda. Temos que nos precaver e mostrar para o STF que ‘nem que eles quisessem intervir’, poderia, devido aos reais motivos que o seu protegido fez e, consequentemente, merece tal processo.   

Sendo assim, o que não vai faltar são motivos políticos no governo Lula para que o mesmo sofra um Impeachment. 

Motivos que podem levar o Lula a sofre um Impeachment

Motivos que podem levar o Lula a sofre um Impeachment
Motivos que podem levar o Lula a sofre um Impeachment

Para que haja um forte motivo político para um Impeachment do Lula ele tem que cometer um desses deslizes, para não dizer coisa pior:

Exemplos:

A lei 1.079 expõe os motivos para crimes de responsabilidade do presidente:

No caso da Dilma, por exemplo, os motivos que levaram ao Impeachment foi dos artigos IV, V, VI:

  • IV: A segurança interna do país
  • V: Probidade na administração,
  • VI: Leia orçamentária.

Neste exemplo, os artigos V e VI é o que de fato pode levar o Lula a sofrer um Impeachment, porque o presidente eleito terá uma pressão forte para gastar dinheiro e ajudar seus amiguinhos ditadores. 

O presidente da Argentina, Alberto Fernandes, nem deixou o Lula curar a ressaca da vitória e já foi visitá-lo. Pra que? 

Certamente foi para pedir ajuda ao seu padrinho, o Lula.

Alberto Fernandes e seus parasitas fizeram tantas cagadas autoritárias que levou a Argentina à falência e, consequentemente, fazendo mais da metade da população vivem abaixo da linha de pobreza. Agora que o Lula foi “eleito democraticamente”, certamente ele veio pedir para que o Lula banque a Argentina.

É aí que o Lula vai se lascar lindo com todas as cores da nossa bandeira, porque o Brasil não tem dinheiro nem para bancar o Auxilio Brasil em 2023 e um dos projetos do presidente eleito é acabar com o teto de gastos.

Após Lula fizer isso (se é que ele vai conseguir – porque precisar de um projeto de lei e esse projeto precisa ser aprovado) para ajudar seus apadrinhados políticos da América do Sul, a oposição pode pedir o Impeachment do Lula baseado na lei 1.079 nos artigos V e VI:

  • Probidade na administração e,
  • Lei orçamentária.

Se esses motivos não forem o suficiente, não tem problema. O artigo 9º itens 3 e 7:

  • 3: Não tomar efetiva responsabilidade do seu subordinados quando manifesta em delitos funcionais ou na prática de atos contrários à constituição.
  • 7: Proceder de modo incompatível com a dignidade a honra e o decoro do cargo. 

O item 7 do artigo nono já põe em xeque a própria existência do Lula e o cargo que ele ocupa.

Se esses motivos não forem o suficiente ainda tem o artigo 10º itens 6 a 9:

  • VI: ordenar ou autorizar abertura de crédito em desacordo com os limites estabelecidos pelo Senado Federal, sem fundamento na lei orçamentária ou na de crédito adicional ou com inobservância de prescrição legal.
  • Observação: Este item (6º) foi a tal das pedaladas fiscais que levou Dilma Rousseff a sofrer o Impeachment.
  • VII: Deixar de promover ou de ordenar na forma de lei o cancelamento, a amortização ou a constituição de reserva para anular os eleitos da operação de crédito realizada com inobservância de limite financeiro.
  • VIII: Deixar de promover ou de ordenar a liquidação integral da operação de crédito por antecipação de receita orçamentária, inclusive os respectivos juros e demais encargos, até o encerramento do exercício financeiro.
  • XI: Ordenar ou autorizar em desacordo com a lei, a realização de operação de crédito com qualquer um dos demais entes da Federação, inclusive sua entidade da administração indireta, ainda que na forma de renovação ou posi.. de dívida contraída anteriormente. Veja a fonte dessas informações!

E, por último, mas não menos importante, artigo 11º item 3 diz o seguinte: 

III: Contrair empréstimo, emitir moeda corrente ou apólice ou efetuar operação de crédito sem autorização legal. 

Observação: Lembra quando a Dilma fez àquele negócio e não repassar o dinheiro para a Caixa Econômica Federal? Aquilo acabava constituindo o empréstimo ilegal, fazendo a Dilam sofrer o Impeachment das famosas pedaladas fiscais.

Continuando…

Esses motivos mencionados aqui já são mais do que o suficiente para que Lula sofra um processo de Impeachment com honra, glória e louvor. Opositores não vão faltar!

Vale lembrar que o Lula tem o STF nas mãos. Isso significa que, em teoria, o Supremo Tribunal Federal vai tentar intervir na tentativa de abrir um processo de impeachment contra Lula.

Em teoria, os partidos (hojem amplamente de direita e pró Bolsonaro) podem abrir um processo de Impeachment, mesmo o STF sendo contra ‘o mesmo’, porque não há absolutamente nada na constituição que tenha que ter o aval do STF para abrir um Impeachment contra o presidente em exercício.

Apenas quem pode dizer o que é – ou não – um crime de responsabilidade é o Congresso Nacional. Portanto, se o congresso votar para abrir um processo do Impeachment bastando apenas o voto da maioria do Congresso; ⅔ dos votos, pronto, não há nada que o protegido do STF possa fazer. 

No entanto, tendo um motivo, mesmo que o STF queira de alguma forma ajudar o Lula, com um motivo forte, um  motivo real, um motivo político, o STF literalmente vai ter que lavar as mãos. Simples assim! Afinal de contas, vivemos em uma democracia, não é mesmo? 

A queda do Lula

A queda do Lula
A queda do Lula

Lula comanda o foro de São Paulo e ele usará o Brasil como um grande financiador da Argentina, Venezuela, Colômbia, Bolívia e até mesmo Cuba. 

Isso vai gastar tanto dinheiro que vai ser impossível não quebrar, romper ou ignorar a lei 1.079 artigos:

  • IV: A segurança interna do país,
  • V: Probidade na administração,
  • VI: Leia orçamentária.

O socialismo sociopata que Lula quer implantar no Brasil para ajudar seus amiguinhos comunistas pode e vai ser o seu fim. Pode apostar nisso!

Motivos para abrir um processo de Impeachment do Lula não faltam. Basta apenas a oposição se impor, se mostrar presente e em menos de um ano Lula e os esquerdistas do Congresso com cérebro atrofiado serão enterrados no buraco mais fundo do inferno e quem não gostar, pode ir junto. Simples assim!

Portanto, como eu disse antes, essa não é a hora da direita ficar com cara de derrotados e achar que tudo foi perdido. A direita no Congresso Nacional é extremamente forte, essa é a hora de mostrar a força da direita e acabar de vez com essa esquerda podre e distópica do nosso país.

Se os esquerdistas quiserem viver em um país comunista, de esquerda onde o socialismo reina, é só ir para;

  • Venezuela,
  • Argentina,
  • Nicarágua,
  • Bolívia
  • Líbano,
  • Haiti
  • Cuba,
  • Nigéria (…).

A lista de países que faliram graças ao governos de esquerda não para de crescer. Então, esquerdistas sociopatas, escolha um desses países e tchau. Já vai tarde!

O currículo do Lula!

Vai ser muito lindo o Lulinha paz e amor, que vai fornecer o auxílio pinha sofrer um Impeachment um ano depois, ou melhor, em menos de um ano após ser eleito para um terceiro mandato.

Olha só que currículo lindo: 

  • O lula foi eleito presidente em 2002,
  • Comandou o Brasil por oito anos (2003-2011),
  • Após dois mandatos, consegui por sua indicação eleger a Dilma Rousseff em 2011, ficando no cargo por um mandato e meio,
  • Em agosto de 2016 Dilma Rousseff sofreu um Impeachment após o escândalo das pedaladas fiscais,
  • Neste longo período do PT no comando, foi PROVADO por ‘A’ mais ‘B’ que Lula foi o chefe da maior organização criminosa que foi descoberta graças à operação Lava Jato em 2014.
  • Em abril de 2018 Lula foi preso!
  • Apesar do Lula ter sido condenado em 2ª instância há 12 anos e 11 meses de cadeia graças a trambicagem do STF: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Dias Toffoli votaram a favor e anularam a condenação do Lula, alegando que o julgamento dele deveria ser realizado em Brasília e não em Curitiba.
  • Com essa anulação, Lula ficou elegível e pode se candidatar, batendo de frente com Bolsonaro.
  • Após uma campanha polarizada e cheia de fura olhos, Lula ganhou as eleições com menos de 1% dos votos válidos e,
  • E por fim, em menos de um ano no cargo, Lula sofre um Impeachment.

Será maravilhoso, não é mesmo! Ver essa trajetória!

Enfim…

Enfim pessoal! Busque informações e pare de ficar nessa neurose, neste medo, sofrendo por antecipação.

Esse medo todo só ocorre porque as pessoas estão mal-informadas, não vão atrás de obter as informações corretas, ficam esperando que a Globo Lixo e as mídias tradicionais as informem.

Pegue o conhecimento que está na palma de sua mão – o celular – e vá se informar. Pois só através do conhecimento é que as pessoas poderão exercer a sua opinião.

Boa sorte!