Plataforma de vídeo descentralizado e livre de censura é o CARALHO!

Plataforma de vídeo descentralizado e livre de censura é o CARALHO!
Plataforma de vídeo descentralizado e livre de censura é o CARALHO!

Quando um criador de conteúdo, seja ele qual for, publica o seu respectivo conteúdo, a última coisa que ele quer ver – é que sua pública seja censura, ainda mais em uma plataforma de vídeos que diz ser uma plataforma “livre de censura”.

Essa infelicidade aconteceu na CosTV. Uma plataforma de vídeos descentralizada que diz ser livre de censura. No entanto, a sua liberdade criativa, têm sim, certas limitações. No dia 22 de agosto publicamos o vídeo “Desnudando la notícia do mercado criptográfico”, cujo mesmo acabou entrando para uma revisão manual. Veja o vídeo #PlantãoCripto14!

No dia seguinte, 23 de agosto, veio o aviso afirmando que o vídeo ‘não foi aprovado’ e pediu que o mesmo fosse ‘modificado’ para pode ser republicado. Ou seja, a plataforma gentilmente recomendou que censurássemos o nosso vídeo para que o mesmo pudesse ser publicado e, possivelmente, aprovado na plataforma – que diz ser aberta, descentralizada e livre de censura e, após essa infelicidade, sabemos agora que não é bem assim.

O vídeo de fato, mostra a mulher se despindo e ao mesmo tempo noticiando algumas notícias sobre economia, esporte, lazer entre outros assuntos. O vídeo verdadeiro ficou muito famoso entre 2012 a 2015, por mostrar mulheres tirando a roupa enquanto noticiava as principais notícias.

Desnudando la noticia do mercado criptográfico na LBRY.tv
Desnudando la noticia do mercado criptográfico na LBRY.tv

Pois bem; tivermos um tempinho livre e fizemos essa montagem. Legendamos o vídeo com uma notícia verdadeira sobre o hype que a criptomoeda Dogecoin (Doge), cuja mesma teve 100% de valorização no dia 2 de julho, inclusive, publicamos um vídeo e um post sobre esse assunto: Muito obrigado TikTok por multiplicar meus Dogecoins!

Então; tivemos essa ideia de fazer essa montagem e publicamos o vídeo em duas plataformas de vídeos descentralizadas: a Cos.TV e a LBRY.tv – cuja a plataforma Cos.TV censurou o nosso vídeo, afirmando, categoricamente que essa “plataforma” não é 100% sem censura como foi projetada. 

Agora, se você, de fato, quer ver esse vídeo sem censura e sem frescura recomendamos que você acesse a LBRY.TV para ver o Desnundando lá notícia do mercado criptográfico – sem censura.

Cadastre-se e ganhe LBRY Credits grátis!

Para você ver este vídeo na íntegra você deverá pagar uma LBRY Credits (LBC). No entanto, você, ao se cadastrar pelo nosso link de convite e validar o seu cadastro, a plataforma vai lhe pagar 15 LBRY Credits (LBC) grátis, da qual, você vai pegar uma única unidade dessa moeda e nos pagar para liberar o vídeo. Simples assim!

Link de convite aqui!

Contudo, os  benefícios de usar a plataforma não para por aí! Ao ver os nossos vídeos ou vídeos de outros criadores de conteúdo a plataforma vai lhe recompensar com 0.5 a 50 LBC diariamente. Sendo assim, essa unidade que você pagou para ver o nosso vídeo (aqui) vai sair de graça. Ou seja, todo mundo que usar a LBRY ganha.

O fato é:

Nunca quis poluir ou degradar a plataforma publicando esse tipo de conteúdo. No entanto, o vídeo que publicamos em questão é tão suave e simples que, segundo a nossa própria análise, merecia ser publicado.

Se eu quiser postar algum vídeo com conteúdo mais pesado ou com cunho altamente pornográfico, eu posso utilizar quaisquer outros sites disponíveis na rede mundial de computadores, como por exemplo:

Vou continuar postando nossos vídeos na Cos.TV sempre que possível, mas a pataforma caiu muito no meu conceito de “sem censura e descentralização“. Vou dar prioridade a LBRY.tv, porque, pelo menos lá, e, por  enquanto, não há censura.

Liberdade criativa, sem censura e totalmente descentralizada, essa é a solução. No momento que há algum tipo de censura, acabou a liberdade criativa. Simple assim!

Veja o vídeo sem censura e em frescura acessando as seguintes plataformas:

Boa sorte a todos!