A mãe de todas as bolhas vem aí! Parte #2. Qual será o catalisador da próxima crise mundial?

A mãe de todas as bolhas vem aí! Parte #2. Qual será o catalisador da próxima crise mundial?

É difícil prever com exatidão – o que ou quem – dará o início à nova crise financeira mundial. No entanto, vários fatores podem contribuir para que a primeira peça da fileira do dominó seja derrubada e estoure a bolha de vez.

1 – A guerra comercial entre E.U.A e a China pode ser um dos catalisadores! Se você presta atenção nos noticiários da mídia, não é de hoje que Donald Trump vai lá e vem cá fica aumentando as taxas sobre produtos chineses e a China sempre retalia aumentando as taxas dos produtos dos Estados Unidos. Essa novela vem de uma longa data e dificilmente terá final feliz!

2 – A saída da Inglaterra da União Europeia (UE) também pode ser um fortíssimo catalisador ou até mesmo o estopim para explodir a nova crise financeira mundial, já que o novo ministro, Boris Johnson (que ficou no lugar da Theresa May) já declarou que vai sair da (UE) COM ou SEM acordo do Brexit.

A saída da Inglaterra sem acordo será catastrófico para a economia não só do país, mas para o resto do mundo, já que o mundo é, economicamente, globalizado e muitas partes envolvidas vão perder se a Inglaterra sair sem acordo algum.

O que é mais interessante dessa novela é a data final para o Brexit, 31 de outubro. Mesmo dia em que os Estados Unidos viram o Lemans Brother’s quebrar e levar o mundo para uma nova crise financeira mundial. Coincidência pouca é bobagem!

Foi nesse dia nebuloso que o pseudônimo, Satoshi Nakamoto publicou o white paper do bitcoin no fórum The Cryptography Mailing.  

3 – Outro potencial catalisador que pode dar início a próxima crise financeira pode ser algum desses unicórnios quebrarem, como por exemplo: Uber, Netflix, Spotify, Airbnb (…), já que alguns desses unicórnios apesar de dominarem o mercado no seu segmento não dão lucro e estão super-endividados devido ao crédito barato e juros zero.

efeito dominó
O efeito dominó em um mundo economicamente globalizado pode ser desastroso!

A quebra de algum desses unicórnios que dominam o mercado pode abalar o mercado acionário e iniciar o efeito dominó, já que sua fictícia fortuna está atrela as suas ações no mercado acionário.

No dia 18 de julho, por exemplo, as ações da Netflix – que são negociadas na S&P 500 e na Nasdaq – tiveram uma queda de 12% em dois dias, perdendo 20 bilhões de valor de mercado.

4 – Brasil, Estados Unidos, China, Japão, Índia e México, por exemplo; esses países já cortaram suas taxas de juros. Muitos podem até achar que esses cortes nos juros mundo a fora é para estimular a economia, mas não é bem por aí.

Por mais que muitos economistas enfatizam esse cenário milagroso que a redução dos juros pode impulsionar e estimular a economia. O ponto fundamental na redução das taxas de juros pelos respectivos Bancos Centrais não vai gerar crescimento econômico em um estalar de dedos.

O cenário político econômico é incerto, por tanto, os empresários não vão querer contratar e/ou investir nesse cenário ainda nebuloso. Só não vê quem não quer!

Um desses quatro ou mesmo os quatro catalisadores podem dar início a nova crise financeira mundial ou pior, pode ser outro catalisador que pode está completamente fora da visão dos melhores analistas do mercado e quando vier à tona será tarde demais. 

O fato é: Essa crise, segundo alguns analistas, já era para ter começado. Sendo assim, quanto mais tempo demorar, pior será. Um bom exemplo de que os governos estão tentando evitar o inevitável e – como diria o ditado popular – tampando o sol com a peneira, é a redução das taxas de juros em vários países. Isso está mais do que óbvio!

#FicaaDica

Se você trabalha em uma média ou grande empresa e está pensando em financiar a sua casa própria ou comprar o seu carro dos sonhos é melhor rever seus planos e esperar mais um pouquinho, porque a primeira coisa que essas empresas vão fazer é enxugar o quadro de funcionários.

E você, empreendedor, que está pensando em expandir seu negócio e está precisando fazer um financiamento, tome cuidado! Seja precavido e tenha em mente que a crise vem aí, cedo ou tarde.

Que essa bolha estoure logo!

Boa sorte a todos!