Bitcoin valorizou 30% em janeiro! O que podemos esperar para os próximos meses?

Alta doo bitcoin
Alta doo bitcoin

A criptomoeda começou o ano valendo US$7,200 e fechou o primeiro mês na faixa dos US$9,500. Particularmente, nos últimos sete anos o ativo digital sempre fechou o primeiro mês dos últimos sete anos subsequente com uma forte alta e esse ano não foi diferente. 

Alguns analistas do mercado revelam que vários fatores favoreceram para a alta do bitcoin, como por exemplo:

  • O ataque dos E.U.A no aeroporto de Bagdá, resultou na morte de Qasem Soleimani;
  • O surgimento do Coronavírus causando uma forte incerteza no mercado acionário e;
  • O próximo Halving que vai acontecer em menos de 100 dias. 

Vários catalisadores podem dar início ao novo rally aguardados por muitos há muito tempo já que, em 2018, não só o bitcoin caiu, mas todas as criptomoedas caíram. Já em 2019 foi um ano de recuperação para o bitcoin e só agora as altcoins também estão se valorizando mais do que o próprio bitcoin, segundo o portal Coincheckup.

Leia: Coronavírus pode dá início a nova crise financeira mundial?!?!

Outro recorde que foi estabelecido pela criptomoeda foi o fato da mesma ter superado dois importantes índices do mercado acionário: S&P 500, índice que reúne as 500 ações de maior valor de mercado americano e o Bova11, da Bovespa (B3), um ETF que reúne as melhores ações do mercado brasileiro.

O S&P500 fechou 2019 com 30%. Apenas no mês de janeiro (2020) o índice subiu 4,54% para ser mais exato. Já o índice Bova11 teve uma valorização de 32%. Apenas no primeiro mês deste ano esse mesmo índice fechou janeiro com uma valorização de 5%.

Já o bitcoin, apenas no primeiro mês do ano o ativo digital subiu 30%! Sendo assim, não é difícil prever qual será o ativo que mais vai se valorizar neste ano, ainda mais sabendo tudo o que está por vir.   

Boa sorte e bons negócios!