O que é um ataque de 51% em uma criptomoeda?

O que é um ataque de 51%?
O que é um ataque de 51%?

Na blockchain, existe uma coisa chamada soft fork (em oposição à hard forks que são irreversíveis), é uma situação onde duas pessoas mineraram um bloco ao mesmo tempo.

Exemplo: O Pedro minera o bloco (A) e a Maria minera o bloco (B). Eventualmente, uma terceira pessoa minera um terceiro bloco. Supondo que essa pessoa seja o João, que entrou de penetra e começou a minerar o mesmo bloco da Maria, o bloco (B).

A partir daí, o João e a Maria, deveram decidir qual bloco eles vão eliminar, o bloco (A) ou o bloco (B). Nesse caso, eles decidiram eliminar o bloco (A). Esses são os mesmos blocos que o Pedro estava minerando. Os blocos excluídos são chamados de blocos órfãos. Eles perdem a validade e as moedas criadas por esse bloco nunca serão usadas.

Agora imagine que o Pedro tenha um bloco órfão, no caso, o bloco (A). Agora, ao invés do Pedro abandoná-lo, ele continua minerando em cima desse bloco, ignorando o que o resto da rede aceitou como válido. Se algum dia o Pedro conseguir criar uma seqüência de blocos, maior do que a seqüência de blocos criada pelo resto da rede, no caso, o bloco (B) – a sua seqüência de blocos passa automaticamente a ser válida, e a que foi minerada pelo resto da rede fica toda, inteirinha, órfã.

Se Pedro conseguir fazer isso, ele irá conseguir escolher quais as transações vão ser incluídas e quais vão ser tornadas órfãs junto com os blocos e escolher quais as transações vão ser incluídas e quais vão ser tornadas órfãs junto com os blocos.

O que acontece quando você tem 51% é que você tem a certeza de que depois de certo tempo você vai conseguir uma seqüência que seja maior que a do resto da rede (afinal, você é 1% mais rápido que eles)?! Em média, a cada 100 blocos minerados você vai conseguir uma cadeia mais longa. Com isso você sempre garante que tudo que acontece na rede está sob seu controle. A partir disso, o céu é o limite!

Sendo assim, o Pedro, que começou a minerar o bloco (A), conseguiu completar o ataque dos 51%, eliminando (deixando) o bloco que a Maria e o João mineravam, o bloco (B), órfão.

Resumindo o assunto: é como se o Pedro tivesse poder computacional de uma rede de uma criptomoeda. Nesse caso, o poder computacional poderia ser de uma única pessoa ou de um grupinho de mineradores.

O fato é que, se uma única pessoa ou um grupo de mineradores tiver 51% do poder computacional da mineração de qualquer criptomoedas (que são passiveis de serem mineradas), esse individuo (Pedro) ou grupo dele, teria o poder da rede. Ou seja, ele ou o grupo terão controle completo sobre a rede, incluindo, poderes de interromper transações, enviar as mesmas moedas várias vezes e impedir que outros mineradores validem novos blocos.

Foi o que aconteceu recentemente com a Verge (XVG). O atacante fez um ataque dos 51% na rede da moeda Verge, gerando cerca de US$ 1.000 por minuto e, segundo os analistas, esse ataque já tenha feito US $ 1,7 milhão com as vendas das criptomoedas.

Com informações dos sites:

altcoin.com.br

bitcointalk.org

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *