Análise AltcoinsBitcoins

Bitcoin fecha o primeiro trimestre com 10% de valorização!

Desempenho do bitcoin no 1ª trimestre de 2020
Desempenho do bitcoin no 1ª trimestre de 2020

O bitcoin começou o ano sendo negociado por volta de US$7,180,00. O ano de 2020 parecia bastante promissor, não só para o bitcoin, mas para todas as criptomoedas.

Porém, nada melhor que um dia após o outro e uma noite no meio para percebemos que a vez do mercado criptográfico ainda não chegou.

Do dia 1ª de janeiro até a primeira quinzena de fevereiro o criptoativo saiu dos US$7,180,00 para US$10,341,00 – uma valorização de 44,66%. A partir da segunda quinzena de fevereiro o mercado de criptoativos teve altas volatilidades e a moeda digital perdeu 20% da sua valorização, muito provavelmente por conta do avanço da pandemia do Covid-19, cujo termo (pandemia) ainda não tinha sido citado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). 

Até que no dia 12 de março, cuja data também ficou conhecido como a quinta-feira negra foi marcado pelo derretimento do mercado acionário, causando um forte impacto no mercado de criptomoeda, principalmente no bitcoin. Até o Ouro que é considerado um porto seguro contra crise não aguentou o pânico do mercado e chegou a cair 11%

O bitcoin, que já tinha perdido 20% de valorização desde o começo do ano sofreu uma queda terrível, perdendo mais da metade de toda a sua valorização nos dois primeiros meses do ano.

Queda horrível do bitcoin!
Queda horrível do bitcoin!

No dia 11 de março o bitcoin (BTC) estava sendo cotado por volta de US$7,900  – no dia 12 de março o preço da moeda digital caiu para US$3.830 – uma desvalorização de 54%. No dia seguinte, a moeda digital recuperou parte desse derretimento surreal, valorizando 55%, fechando o dia 13 de março à US$5.630.

No mas, a moeda abriu o mês de março por volta de US$8.400 e fechou o mês por volta de US$6.360 – uma queda de 24,97% – segundo dado do tradingView.

Bitcoin fecha o primeiro trimestre com 10% de valorização!

Já no primeiro trimestre, a criptomoeda fechou com uma queda de 9,57%. Saindo dos US$7.160 e fechando a US$6.520. Nada mal para um período de grande volatilidade.

O impacto nas altcoins!

As criptomoedas alternativas (altcoins) também sofreram um forte impacto. Vamos analisar três delas que estão no top 10.

A XRP começou o ano valendo US$0,19 cents – chegou a bater os US$0,33 cents, uma alta de 76,19% e fechou o 1ª trimestre à US$0,18 cents. Uma queda de 9,55%.

A Ethereum (ETH) começou o ano valendo US$130,34 – chegou a bater os US$285,59 dólares, uma alta de 119,28%. No primeiro trimestre do ano a Ethereum se valorizou 2,65%, fechando o trimestre a US$133,00. Simplesmente bizarro!

Já a Litecoin (LTC) começou o ano valendo US$41,42 – chegou  bater US$83,06 – uma valorização de 101%. No trimestre, no entanto, a LTC chegou à US$38,68 – uma queda de 6,15%.

No geral, todo o mercado foi impactado e, praticamente, todas as criptomoedas perderam 50% da sua valorização que haviam ganhado no começo do ano.

O que esperar do segundo trimestre? Como dissemos no começo deste post: nada melhor que um  dia após o outro e uma noite no meio para saber o que vai acontecer. A única certeza que temos é que não sabemos de nada.

Boa sorte e bons negócios!