Lindinhas, à censura da Netflix e a TV Globinho: O que você precisa saber!

Lindinhas, à censura da Netflix e a TV Globinho: O que você precisa saber!
Lindinhas, à censura da Netflix e a TV Globinho: O que você precisa saber!

No dia 09 de setembro estreou na maior plataforma streaming do mundo o filme ‘Cuties’, que no Brasil foi traduzido como ‘Lindinhas’.

O filme conta a história de Amy, uma menina de 8 anos que se muda com a família para a França e tem que seguir uma rígida religião.

Para, ao menos, se libertar um pouco dessa religiosidade autoritária imposta por sua família, Amy decide entrar para um grupo de dança formado por meninas de sua idade, as Mignonnes – nome original da produção em francês.  

Até aí, como você pode perceber, o filme tem uma sinopse bastante simples. Ou seja, apenas mais um filme de dança como muitos outros por aí! No entanto, o que está causando a maior polêmica no filme é a exploração da sexualidade dessas meninas (atrizes) cujas mesmas têm entre 8 a 11 anos de idade.

Veja o vídeo!

Observação: Veja este vídeos com inserts inéditos sem censura e sem frescura nas plataformas de vídeos descentralizadas: Cos.tv, LBRY e Bitchute.

Continuando…

Mais grave ainda é o fato de ter dezenas de YouTubers por aí que declararam que ‘NÃO VIRAM O FILME’, viram apenas as cenas que foram publicadas no Twiiter escandalizando a internet e, baseando nisso, nessas cenas, meteram o pau no filme.

Esses influenciados deveriam ao menos se dar ao trabalho de ver o filme antes de sair por aí dando pitaco sobre o mesmo. Você concorda, não concorda!?

Veja o filme antes de julgar!

Pois bem; eu concordo e me dei ao trabalho de ver o filme. Falo desse modo – me dei o trabalho – porque eu não gosto de filmes de dança. Acho uma chatice! Opinião pessoal minha! Mas, me dei ao trabalho de ver o filme com toda a calma do mundo para dar a minha opinião sincera e imparcial, antes de fazer este vídeo relacionado a outro assunto que, querendo ou não, reflete a polêmica deste filme; a tal da censura.

Pois então: A sinopse do filme eu já falei no começo deste vídeo. Portanto, vamos aos fatos, cujo mesmo é sobre a sexualidade dessas meninas no filme, na qual, posso afirmar que, sim, há uma certa sexualidade no filme Lindinhas, isso fica evidente.

No entanto, devo ressaltar que há também certos exageros. Classificaram o filme como pedofilia! Só faltava cenas de sexo porque o resto estava ali, diceram os mais conservadores. Depravação infantil total. Um porno infantil light  (…) entre outros absurdos.

Veja bem; o filme tem, sim, cenas que muitos podem considerar fortes demais, já que trata-se de apenas meninas atuando como se fossem adultas. Isso pode ser considerado até repulsivo. Mas é apenas isso! 

Ao meu ver e, colocando em minhas perspectiva pessoal, – já que muitos nem se deram o trabalho de ver o filme e já julgaram o livro pela capa – posso afirmar que, aqueles que viram o filme – e ficaram horrorizados – estão com a mente extremamente poluída, isso sim. 

Se você ver o filme até o final você verá que Amy, a protagonista, percebe algo de bom em sua vida e (…). É claro que eu não vou falar para não dar spoiler. Veja o filme e faça a sua crítica!

Em virtude do filme ‘Lindinhas’ ter causado tanta polêmica , a grande maioria dos internautas quase que imploraram para a Netflix retira-se o filme da plataforma e as hashtags; #CancelNetflix #BoycottNetflix (em inglês) ficou em primeiro lugar entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Agora vou entrar no mérito que, de fato, me motivou a fazer este vídeo: À CENSURA!

Nada como uma POLÊMICA para que a maldita censura dê as caras em pleno século 21! 

Graças aos apelos acalorados dos socialistas com retardos mentais e com a mente poluída – eu acho que as mães dessas pessoas deixou cair quando era bebê e bateu a cabeça – parasitas do governo começaram a mexer os pauzinhos e estão querendo retirar o filme da plataforma a qualquer custo.

 Apesar do filme estar na maior plataforma de streaming do mundo, o mesmo não pode ser censurado. Pois é o assinante que tem o poder de escolher se quer ver o filme ou não.  

Apesar do filme ser um porno infantil light – como muitos classificaram o filme por aí – ao impor CENSURA, isso só vai atiçar a curiosidade do público que ainda não viram o filme e nem queriam ver o filme. 

Agora graças a polêmica que ‘Lindinhas’ vem causando àquelas pessoas que estavam apenas zapeando, procurando o que ver na plataforma, vão acabar vendo o filme por pura curiosidade e polêmica que o filme vem causando e, bingo, a Netflix conseguir o maior marketing do mundo sem gastar tanto, e a intervenção do governo em querer proibir que o filme seja exibido graças ao pelos dos socialistas com retardos mentais, a curiosidade do telespectador vai ser elevada ao infinito e além, e, como dissemos agora a pouco, todo mundo vai querer ver esse filme para tirar suas próprias conclusões, fazendo com que o filme fique ainda mais famoso. 

De novo!

Netflix: A Última Tentação de Cristo (2019)
Netflix: A Última Tentação de Cristo (2019)

Este tipo de apelo socialista em querer que o governo resolva um simples problema de gosto pessoal já aconteceu antes e não faz tanto tempo assim! 

Lembram do especial “Porta dos Fundos” da Netflix, A Última Tentação de Cristo (2019). Pois então; esse filme também causou grande polêmica ao parodiar Jesus Cristo, afirmando que Jesus é homossessual e blá, bla, blá.

Fizeram até abaixo-assinado e conseguiram tirar o filme da plataforma. Porém, conseguiram derrubar a liminar e o filme pode voltar a ser exibido na plataforma. Até um atentado a sede dos humoristas sofreu. 

Ou seja, o povão fizeram um escarcéu do cacete e isso apenas alimentou a curiosidade do povão, fazendo o filme ser um dos mais vistos da plataforma.

Se esses socialistas não tivessem pedido ajuda ao Papai Estado para censurar o filme, talvez o mesmo não tivesse alcançado tantas visualizações na Netflix. Mas, graças ao mi-mi-mi dos socialistas “A Última Tentação de Cristo”, querendo ‘você’ ou não, foi um tremendo sucesso na plataforma e um novo especial foi encomendado para 2020.

Netflix: Cuties ou Lindinhas. Filme da Netflix que causou polêmica entre os socialistas com mente poluídas e retardos mentais.
Netflix: Cuties ou Lindinhas. Filme da Netflix que causou polêmica entre os socialistas com mente poluídas e retardos mentais.

O que está acontecendo com o filme “Lindinhas”, é a mesma coisa que aconteceu com o especial de Natal; Porta dos Fundos. 

No final das contas a grande polêmica que foi gerada pela sociedade só vai ajudar ainda mais a promover o filme e, se alguém aí estiver pensando na brilhante ideia abilolada de pedir ajuda de algum parasita do governo para barrar a exibição do filme na Netflix (e isso já aconteceu), meus parabéns, você, além de ser taxado de gado manso do Estado, irá promover ainda mais o filme e, a única coisa que você deveria fazer é NÃO VER O FILME. Simples assim!

Use o controle remoto como arma de indignação e não a censura!

Quem inventou o controle remoto?
Quem inventou o controle remoto?

Em 1956, o engenheiro Eugene Polley inventou o primeiro controle remoto sem fio. Na verdade, o primeiro controle  remoto foi inventado em 1950, mas o aparelho era conectado permanentemente na televisão. O primeiro controle remoto sem fio chegou ao mercado em 1956.

De lá pra cá, o avanço desse fantástico aparelho só melhorou, tornando a vida do telespectador ainda mais cômoda. Pois então; não é mais fácil e óbvio usar esse aparelho chamado ‘controle remoto’ do que pedir ao Papai Estado que intervenha na exibição de um filme, cujo mesmo, o assinante da plataforma tem o poder de decidir se quer ver ou não?

No entanto, esse socialistas do mi-mi-mi, do politicamente correto quer perder a sua livre escolha e deixar o Governo decidir o que você pode ver ou não na sua televisão. É o que eu sempre digo: “Quanto mais conectadas as pessoas ficam, mais burras elas se tornam”.

Querendo ou não, vai ter pessoas que vão ver o filme e não vão achar tudo isso que estão falando por aí, outros vão ficar incomodados com certas cenas do filme e outros vão achar uma obra de arte. Simples assim! Gosto não se discute. Pode-se lamentar, mas discutir, jamais. 

Você, e nem a MINORIA autoritarista deve impor a sua vontade só porque ficou incomodado com o filme, sendo que você tem o poder de escolha de ‘NÃO VER O FILME’. Na melhor das hipóteses e, se você quiser, você pode boicotar a Netflix, cancelando a sua assinatura, mas não impedindo que o filme seja exibido, por mais debilóide, degradante e/ou apelativo seja, e o filme ‘Lindinhas’ não se encaixa nessas categorias citadas.

Isso nos fez lembrar do famoso caso do deputado Protógenes Queiroz (PCdoB) que, ao levar o seu filho de 11 anos (na época), ficou horrorizado ao ver o filme Ted.

Deputado Protógenes Queiroz (PCdoB) queria censurar o filme Ted!
Deputado Protógenes Queiroz (PCdoB) queria censurar o filme Ted!

O deputado achou que o filme era pra criança e ao ver o teor do filme, cujo mesmo contava a história de um ursinho de pelúcia depravado e viciado em maconha, o parlamentar queria proibir a exibição do filme em todo o Brasil.

Naquela ocasião (2012), o deputado entrou com o pedido ao Ministérios da Justiça e da Cultura para que a exibição do filme fosse suspenso. É claro que a atitude do parlamentar causou indignação na população. 

É óbvio que a atitude do deputado foi categorizada como censura e, portanto, o deputado perdeu a causa e a vontade da maioria prevaleceu e o filme Ted continuou sendo exibido em todo o Brasil.

A sociedade não entende que quando algo é censurado, a curiosidade do ser humano é ativada de tal maneira que aquilo que foi censurado – pela ampla maioria – será ainda mais cobiçado. 

Quer ver um caso de extrema curiosidade humana que causou a minha curiosidade: Pois bem! Quem aí se lembrar do detestável filme “Dragon Ball Evolution”, aquela ofensa denominada de filme?

Pois então: Eu já estava querendo ver o filme. No entanto, graças aos linchamentos que o filme teve nas redes sociais; um monte de usuários afirmando categoricamente que o filme é uma bosta, uma merda, uma lixeira total, uma ofensa para os fãs de Dragon Ball.

Pois é: apesar de todas essas infames declarações dos internautas eu fiquei ainda mais curioso e fui ver o filme para ter certeza de que era esse esgoto todo. Perdi o ingresso, mas obtive a minha opinião de que o filme é, de fato, uma bosta. Veja o trailer!

No caso do filme ‘Lindinhas’, é a mesma coisa! Esse escarcéu do povo pedindo calorosamente para que a Netflix retirar o filme do ar; esse tipo de atitude e pensamento só vai atiçar ainda mais aqueles espectadores que ainda não viram o filme e vão querer ver a qualquer custo, não pela sensualidade das meninas no filme, mas para ter a sua própria opinião para ter certeza se o filme é isso tudo mesmo ou não. E posso afirmar que não é esse apelo todo que andam falando.

O que estamos querendo afirmar neste vídeo é que; por pior que seja o filme; apelativo, violento, sem noção entre outros –  isso  fica a seu critério: O filme NÃO PODE SER CENSURADO! Porque é o telespectador que tem o poder de escolher se quer ver ou não o filme. Simples assim!

A culpa de tudo isso é do governo e suas leis abiloladas!  

TV Globinho!
TV Globinho!

Muita gente acha que foi a Globo que quis acabar com a TV Globinho. Muita gente meteram o  pau na emissora porque nossas crianças não tem mais desenhos animados para ver durante as manhãs.   

No entanto, nessa questão, a Rede Globo é tão vítima quanto as crianças que ficaram sem ver desenhos no canal aberto. Isso ocorreu em 13 de março de 2014 quando entrou em vigor a Resolução nº 163 que PROÍBE que às emissoras abertas vincule propagandas em programas infantis para não induzir a criança ao consumismo. Como se os pais não fossem capazes de dizer NÃO para os seus filhos!

É claro que tem outros assuntos comerciais e financeiros envolvidos nesta história, mas o fato é que o resultado dessa “resolução” abilolado parida do cú de algum parasita do governo foi a extinção dos programas infantis na TV Aberta.

Esses parasitas com retardos mentais queriam, inclusive, aplicar essa resolução escrota na TV por Assinatura, mas esse trecho foi vetado devido que; a – TV Paga – é um sistema privado.

É por isso que a Rede Globo se viu obrigada a acabar com a TV Globinho, pois ficaria inviável uma emissora exibir um programa infantil que não teria retorno comercial. Não tem como! Vão vincular o que? Comercial de carro, produtos de limpeza, roupa ou chinelos? Não, tem que ser brinquedos. Óbvio! 

Por mais reprisados que fossem os desenhos, a finada TV Globinho dava em média 7 pontos de audiência e aos sábados chegava a ter picos de 10 pontos e tudo isso foi jogado no ralo porque os parasitas do congresso sabem o que é bom para o seu filho.

Agora, cadê os socialistas que adoram chupar as bolas do governo para derrubar essa tal “resolução”? Cadê? Provavelmente estão compartilhando um monte de bobagens nas suas redes sociais ou caindo em um novo golpe do WhatsApp.  

Lindinhas: Filme da Netflix que causou polêmica entre os socialistas com mente poluídas e retardos mentais pedem que o Papai Estado censure o filme
Lindinhas: Filme da Netflix que causou polêmica entre os socialistas com mente poluídas e retardos mentais pedem que o Papai Estado censure o filme

Aí, aparece um filme feito na França, que foi premiado, inclusive no festival Sundance, e o povo fica chocado e pede censura ao Papai Estado. E o grande culpado foi o governo e seu autoritarismo debilóide que acabou com os programas infantis, fazendo com que nossas crianças amadureçam cada vez mais cedo.

Outro grande culpado de tudo isso são os pais dessas meninas que autorizaram elas a fazer esse filme com essas cenas que chocou muita gente mundo afora. Mas, se os pais não acharam isso tudo – tanto é que autorizaram suas filhas a fazer o filme -, porque cargas d’água você vai se incomodar.

Muitos podem até imaginar como vão ficar as mentes dessas meninas quando olharem pra trás e ver a merda – ou obra prima – que seus pais autorizaram elas a fazer. Algumas delas podem ficar chocadas, traumatizadas ou não. Só o tempo é que vai dizer o quanto esse filme foi benéfico ou não para suas vidas.

 Você não pode pedir ao Papai Estado e seus parasitas com retardos mentais que censurem o filme sendo que você tem o poder de escolher se quer ver o filme ou não. Simples assim!

Recomendamos que veja os vídeos: 

Abra a sua mente! Não seja socialista. Não fique apoiando o Estado e seus parasitas com retardos mentais porque no final das contas, todos perdem.

Como diria Benjamin Franklin: “Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança”.

Pense nisso! 

Boa sorte a todos!

Observação: Este post está em formato de vídeo sem censura e sem frescura nas plataformas de vídeos descentralizadas: Cos.tv, LBRY e Bitchute.