Cboe reenvia proposta de ETF de Bitcoin para a SEC!

A corrida dos ETFs: Cboe reenvia proposta de ETF de Bitcoin para a SEC!
A corrida dos ETFs: Cboe reenvia proposta de ETF de Bitcoin para a SEC!

Uma semana após a CBOE retirar o pedido de ETF de bitcoin junto à SEC, eis que a plataforma reenviou o pedido para a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos  outra vez!

A notícia foi dada por Gabor Gurbacs, líder da VanEck, que junto com a SolidX formalizou o produto da Cboe BZX Exchange. A CBOE havia registrado o pedido dês de junho do ano passado e agora, 27 de fevereiro, seria o prazo final e improrrogável da SEC bater o martelo.

Gabor Gurbacs avisou via Twitter que a equipe trabalhou duro para “rever a mudança de proposta” de ETFs (Exchange Traded Funds ) de bitcoins.

Muitos analistas acreditam (e com razão) que se a proposta for aprovada, será o catalisador que faltava para a entrada maciça de investidores institucionais, já que aprovação do ETF também irá trazer LEGITIMIDADE ao mercado de criptoativos, além de frear de vez o período do Bear market.     .   

Ainda não se sabe quais “mudanças de propostas” a CBOE fez para possível aprovação da tão aguardada ETFs dos sonhos, mas podemos ter uma ideia!

Recentemente, os irmãos Winklevoss demonstraram estar determinados em conseguir a tão sonhada aprovação. Talvez tenha sido essa motivação que fez com que a Cboe fez um novo pedido com a VanEck e SolidX para conseguir a listagem da ETF. Mais não foi só isso…!

A corrida dos ETFs!

O que realmente motivou o reenvio da proposta da CBOE para a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), foi à NYSE Arca. A maior bolsa de valores do mundo apresentou sua própria proposta em parceria com a Bitwise Asset Management.

Leia: “2019 será o ano do ETF do Bitcoin”, diz diretor da Bitwise após registrar novo pedido na SEC

Foi esse, o real motivo que fez a CBOE revisar e re enviar o pedido para a SEC – uma semana depois – mesmo sabendo que o governo americano ainda continua travado devido ao maldito muro do Donald Trump.

Leia: Paralisação do governo dos EUA atrasa plano da industria de criptoativos

O que acontecer é que a proposta de ETF da NYSE em parceria com a Bitwise toca num ponto fundamental que Jay Clayton (presidente da SEC), havia mencionado na conferência Consensus Invest em Nova York, EUA, em novembro do ano passado: possível manipulação do mercado de criptoativos.

No caso; essa proposta da Bitwise, juntamente com a NYSE Arca (exchange subsidiária da Intercontinental Exchange), visa justamente, combater as possíveis manipulações.     

A plataforma tomou medidas necessárias para prevenir e aprofundou sua proposta junta à SEC sobre as informações e dados que a agência indicou ter faltado na última análise, quando seu pedido havia sido negado.

Enfim…

Agora há três plataformas de investimentos que estão competindo para saber qual será a que vai lançar o primeiro ETF de bitcoin (BTC):

  • Dos irmãos Winklevoss,
  • Da CBOE com VanEck e SolidX, ou,
  • NYSE Arca, em parceria com a Bitwise Asset Management???

Façam suas apostas que em breve saberemos!